Sexta-feira, 21 de Outubro de 2016

Dias assim-assim

Há aqueles dias em que estou assim-assim. No outono tenho muitos dias assim-assim. O tempo cinzento, mais fresco e húmido. Os dias mais curtos que é preciso aproveitar melhor. E as memórias, o passado, as angústias que reaparecem. E hoje que até é sexta-feira estou assim-assim. Vale-me o chá quente e um chocolate para animar assim-assim... 

Sinto-me:: I'm boring
publicado por mg_criacoes às 14:07
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Junho de 2016

Fim de semana duplamente prolongado

Desde que me lembro este foi o primeiro fim de semana com feriado à sexta e à segunda, pelo menos para quem trabalha em Lisboa. É claro que ficar em Lisboa não foi a opção. Temos tanto para ver cá dentro. Ao mesmo tempo queríamos celebrar uma data especial, 10 anos a caminhar juntos! O centro do país ainda nos é desconhecido. Quando pensamos em Fátima, associamos sempre ao santuário, aos peregrinos e a tudo o que envolve a fé e a religião. Mas há vida para além deste espaço de culto e de fé. A escolha foi pelo alojamento, depois por explorar as redondezas. Luz houses é surpreendente desde a chegada até à partida. Somos recebido na casa mãe, com toalhas brancas, húmidas e perfumadas de lavanda, para nos refrescarmos da viagem e do calor. Enquanto tratam da burocracia, somos elevados para a sala de estar, onde nos oferecem um chá de maçã com canela e umas bolachas de aveia com chocolate.

20160610 161440
Depois de tudo tratado, mostram-nos as instalações, a casa mãe serve de sala de estar, espaço de refeições, mercearia, espaço de repouso. Depois encaminham- nos para o quarto, ou melhor, para a casa. Cada quarto é uma casa acolhedora, num ambiente clean, tranquilo, a cheirar a campo, alfazema e pinheiro.  O pequeno almoço é saboroso, farto, num ambiente familiar. O pessoal é simpático, prestável e sempre com um sorriso na cara e uma informação extra para nos dar. Na casa mãe também podemos fazer pequenas refeições, ao final do dia é um espaço bem tranquilo, onde podemos saborear uma refeição leve e repousar num ambiente acolhedor, ler e ouvir boa música.

20160612 105821

O espaço tem uma gruta onde se são realização massagens, meditação entre outros prazeres relaxantes, que eu não tive tempo para aproveitar. Os espaços verdes são muitos, com recantos para descanso, uma rede de baloiços para relaxar. À noite tudo fica iluminado, com um aspecto de fábula. Existe uma ermida onde no dia de chegada tivemos a oportunidade de escutar uma japonesa simpática a tocar um raro instrumento, o saltério, foi incrível quando tocou e cantou o Ave Maria. A casa está rodeada de árvores, parece metida num bosque. Quando caminhamos pelas traseiras da casa vamos ter ao calvário húngaro. Dali fazemos a via sacra ao contrário, de regresso viemos pelo meio do bosque, o cheiro a eucalipto, pinheiro, flores silvestres. Escurecia e ameaçava chover, à pressa ainda apanhei algumas flores que trouxe para casa. Na partida, plantámos um coração na casa mãe com uma mensagem significativa. Conhecemos o proprietário e simpático Pedro, que nos desejou uma boa viagem.

20160613 114223

Despedimos-nos com a promessa de lá voltar! 

Sinto-me:: Tão bem
o que estou a escutar: Ave Maria - Yumiko Saltério
publicado por mg_criacoes às 20:58
link do post | comentar | favorito
Sábado, 9 de Abril de 2016

Cocktail mágico

Preciso de um cocktail mágico com uma porção de bom humor, juntamente com uma perspectiva de futuro brilhante. Preciso de o tomar à noite, dormir e acordar outra. Pode ser?

 

Sinto-me::
publicado por mg_criacoes às 22:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 4 de Abril de 2016

Velhice ou sabedoria?!

Acho que estou a ficar velha quando me confrontam com perguntas que merecem resposta que não dou...ou será a sabedoria que a vida nos traz?!

Sinto-me::
publicado por mg_criacoes às 18:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Janeiro de 2016

Bem vindo 2016!

Não sou de nostalgias e de fazer balanço do anos que passam, mas este que terminou quase há 24 horas foi um ano particularmente atípico. Aconteceram mudanças ao nível pessoal e profissional que alteraram a minha forma de estar na vida, diria que me tornaram uma pessoa mais preenchida e confiante, com capacidade de tomar decisões para a vida. Fiz novos amigos e reforcei laços que sei que me vão acompanhar na minha caminhada. Partilhei muitos lanches e almoços, presenteie com docinhos, miminhos que me dão tanto prazer. Quem estuda gerontologia e solidão, sabe bem a importância de criar alicerces para a velhice. Na saúde encontrei especialistas que vou guardar no coração, que mudaram por completo a forma como me vejo, principalmente no papel único, apenas de ser mulher! Profissionalmente foi um ano duro, de exigências e stress emocional, de tomada de decisões, mudança de atitude, saída e entrada de pessoas, adaptação a novas regras e condutas. Às vezes é preciso dizer não, às vezes não aceitarmos responsabilidades não é sinónimo de incapacidade ou fraqueza, é sinal de honestidade e de visão holística. Passeie muito e viajei pelo país de lés-a-lés, vi concertos, teatro, cinema, museus, visitei lugares históricos, com cultura, até património nacional.  Entrei neste novo ano com muitos pontos de interrogação, muitas dúvidas e anseios, mas com mais 365 dias para viver, descobrir, pensar, sentir...e sempre com o sócio acompanhar-me nesta loucura que se chama viver! 

O último bolo do ano para entrar no novo ano, uma espécie de bolo rainha com um toque de chocolate, receita do LB da bimby. Feliz 2016!

image

Sinto-me:: Pronta para mais um ano
publicado por mg_criacoes às 19:32
link do post | comentar | favorito

Marisa Rebiteza

Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28

Posts recentes

Dias assim-assim

Fim de semana duplamente ...

Cocktail mágico

Velhice ou sabedoria?!

Bem vindo 2016!

Desilusões

Bofetadas de crescimento

Vitimização não é o camin...

Arquivos

Tags

actividade profissional

actividades domésticas

amizade

bijuteria

bimby

experiências

faculdade

família

férias

lazer

livros

memórias

natal

receitas

relações interpessoais

relações profissionais

saúde e bem-estar

sentimentos

tempo

viver

todas as tags

Links